Ir direto para menu de acessibilidade.
Acesso à informação

Estudantes de graduação e pós-graduação podem se candidatar como voluntários para o Projeto Rondon Minas 2022. Serão selecionados 40 alunos para participação no Projeto Lixo e Cidadania, que realizará uma ação em três cidades do interior de Minas Gerais, no período de 16 a 31 de julho. As atividades serão relacionadas à mobilização das comunidades para coleta seletiva, reciclagem de lixo, assessoria a grupos de catadores de materiais recicláveis e diagnóstico social local. 

Podem participar estudantes de todos os cursos e períodos. Os selecionados receberão certificação de capacitação em Meio Ambiente e Gestão de Resíduos e um certificado do trabalho de campo pelos 15 dias de atuação. A inscrição é gratuita e deve ser feita pela internet, via formulário eletrônico.

A iniciativa é uma realização do Instituto Rondon Minas e não tem vínculo com o IFMG. Os estudantes interessados deverão esclarecer dúvidas pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou nas redes sociais do Projeto Rondon Minas (@projetorondonminas).

O Instituto Rondon Minas é uma organização não governamental do terceiro setor, que atua desde 2005 com empreendedorismo social e voluntariado em várias temáticas. Seu principal objetivo é promover o desenvolvimento social com responsabilidade socioambiental. O Instituto elabora e executa projetos de cunho social com equipes multidisciplinares e promove a extensão do conhecimento técnico e científico. Através de suas ações, incentiva a sociedade civil a ser corresponsável pelos problemas sociais e mobiliza atores sociais: técnicos, estudantes e comunidade em geral para maior engajamento e atuação cidadã, além de promover a formação técnica e humana dos colaboradores e comunidades envolvidas.

A ONG tem como foco intervenções sociais em comunidades que apresentem demandas de trabalhos sociais, com execução de ações para o desenvolvimento local. A proposta é atender todos os públicos nas comunidades e, além disso, realizar troca de experiências e capacitações com a sociedade civil organizada, poder público e demais parceiros. Em cada ação, o Instituto busca parceiros para potencializar o trabalho nas comunidades atendidas.



 
Para o topo.