Ir direto para menu de acessibilidade.
Acesso à informação

O GSE, Grupo de Soluções em Engenharia, grupo de pesquisa cadastrado no CNPq, desenvolveu uma série de ações no ano de 2020. Mesmo este último ano sendo de grande impacto devido à pandemia do Covid-19 o GSE manteve grande parte de seu trabalho, assim como se reinventou para poder atuar no “novo normal”.

Alguns números que revelam o esforço de todos os envolvidos no GSE, afinal o Grupo de Soluções em Engenharia é resultado da dedicação de seus pesquisadores (alunos, técnicos administrativos e docentes).

 


Projetos de Pesquisa*

10

Alunos em orientação em Pesquisa

21

Alunos em orientação em TCC

36

Publicações de Artigos e Participações em Eventos (Externos ao IFMG)

17

 


 

*Além dos projetos de pesquisa citados na planilha, pesquisadores do GSE também fizeram parte da equipe de Projeto de PD&I desenvolvido junto ao Polo de Inovação IFMG.

Para as publicações destacam-se as participações de pesquisadores do Grupo de Solução em Engenharia em eventos como: Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia (COBENGE 2020), Conferência de Estudos em Engenharia Elétrica (CEEL 2020), Simpósio Brasileiro de Sistemas Elétricos (SBSE 2020) e a XIX Jornadas Andinas de Literatura Latinoamericana de Estudantes (JALLE 2020). Importante mencionar a experiência adquirida pelos alunos ao participar e apresentar os resultados de seus trabalhos e pesquisas nesses eventos.  Destacam-se também artigos publicados na Revista de Engenharia e Pesquisa Aplicada, assim como na Revista de Ciência e Tecnologia.

Ana Paula Castro e Júlia Duque, alunas do 4° ano em Eletrotécnica participaram de projeto de iniciação científica e relataram que: “durante a realização desse projeto de pesquisa, tivemos contato com diversos, não só aqueles abordados em sala de aula, mas além disso. Dessa forma, pudemos aproveitar a oportunidade para aprender e desenvolver técnicas que já eram do nosso interesse, como confecção de PCBs e linguagem de programação. Além disso, participar do GSE foi, sem dúvida, uma experiência relevante para nossa formação, tendo em vista o desenvolvimento de artigos, de apresentações além do contato com os demais projetos e atividades do grupo”.

Já Thiago Costa Frade aluno da Engenharia Elétrica comentou que “com o desenvolvimento do projeto de iniciação científica conheci diversas disciplinas de forma aplicada e ainda adquiri habilidades importantes para atuar no mercado de trabalho, como: responsabilidade, comportamento autodidata e engajamento. Além disso, este trabalho possibilitou a aplicação prática em problemas reais com os conhecimentos teóricos adquiridos em sala de aula e durante a pesquisa, além de dar a oportunidade de apresentar, em sessão técnica, os artigos desenvolvidos com os resultados obtidos, especificamente no CEEL assim como no COBENGE. E por fim, a participação neste projeto permitiu trabalhar em conjunto com o Grupo de Soluções em Engenharia (GSE), que possui discentes e docentes das áreas da engenharia elétrica e ciência da computação e permitindo a troca de conhecimentos e comportamentos em equipe que julgo de grande valia para minha formação”. A Professora Natália Melo comenta que “o GSE oferece aos alunos uma oportunidade única de aprofundar o conhecimento adquirido na sala de aula, além de colaborar para o aprendizado científico. Além disso é muito gratificante acompanhar o desenvolvimento do aluno e perceber o seu crescimento ao decorrer do projeto. Sou muito grata pela oportunidade de participar de um grupo de pesquisa que tanto contribui para a formação acadêmica dos seus alunos!”

Os alunos Rafael e Weverton Arantes, ambos da Ciência da Computação, relatam que: “tivemos a oportunidade de aplicar conceitos de disciplinas como Banco de dados e Programação Orientada a Objetos num problema real. Foi uma experiência única que muito provavelmente teríamos vivenciado no mercado de trabalho sem preparo algum. Diante disso, o GSE, mesmo em meio a uma pandemia, conseguiu proporcionar um ambiente de aprendizado, supervisionado pelos orientadores do projeto, e de qualidade. Através de reuniões frequentes, cada pesquisa apresentava o status de desenvolvimento de seu trabalho. Isso é muito bom para trocar informações em comum entre projetos, e, eventualmente, amadurecer a evolução do tema de cada um. Cita-se ainda que nosso projeto nos trouxe um novo desafio ao tentar buscar uma solução para uma área do conhecimento completamente distinta da nossa, a psicologia, valorizando a importância da interdisciplinaridade”.

Por fim uma atividade que demonstra a proatividade e o engajamento dos pesquisadores do GSE está na participação do Grupo de Pesquisa em ação conjunta contra o Covid-19, envolvendo o IFMG Campus Formiga, assim como do Polo de Inovação IFMG. O objetivo deste trabalho foi a produção de protetores faciais (face shields) que foram doados às Secretarias Municipais de Saúde de Formiga e de Nepomuceno. Ao todo foram mais de 130 protetores doados aqueles que atuam na linha de frente no combate da Covid-19. O Coordenador do GSE Prof. Gustavo Lobato destacou que “foi gratificante o trabalho realizado, o resultado alcançado e principalmente a alegria dos representantes da área de saúde no momento da entrega dos protetores. Importante mencionar a proatividade de todos os envolvidos e por isso agradeço de coração aos integrantes do GSE”.

Parabéns a todos os envolvidos, docentes, pesquisadores, e claro aos alunos. Ensino não se realiza somente em sala de aula! E neste ano de 2020 isso ficou evidente! Trabalho de qualidade! Dá-lhe GSE!

 

 

Siga o GSE no Instagram, @gse.ifmg



 
Para o topo.