Ir direto para menu de acessibilidade.
Acesso à informação
Image without alternative text

Estudante também escreveu um livro, resultado do projeto desenvolvido. 

De 7 a 11 de novembro, na cidade de João Pessoa/PB, aconteceu a Mostra Nacional de Robótica (MNR 2018) organizada pela UNESP e pela UNICAMP, evento no qual esteve presente para apresentação de um trabalho, o estudante do quarto ano do curso técnico integrado ao Ensino Médio em Informática, Mateus Henrique Vieira Miranda, com o apoio da Secretaria de Extensão, Pesquisa e Pós-Graduação através do auxílio concedido para participação no evento.

A participação na Mostra Nacional de Robótica possibilitou a apresentação de um trabalho e de um artigo acadêmico produzidos pelo estudante, intitulados “Robótica como apoio a crianças com dificuldade de aprendizagem”.

De acordo com o Mateus, o projeto apresentado foi concebido no Projeto Orientado de Curso e tomou proporções além das perspectivas inicias. “Com a participação sempre presente de minha orientadora e professora Denise Ferreira Garcia Rezende, responsável por incentivar o engajamento na robótica desde meu ingresso no IFMG e a quem tenho em grande estima, foi possível romper mais do que barreiras educacionais, técnicas e acadêmicas. O trabalho, que atendeu a crianças com diferentes tipos de dificuldades de aprendizagem, seguiu também por um viés social que permitiu o fortalecimento de vínculos do IFMG com a comunidade”.

Sobre a experiência da apresentação ele afirma que “foi uma experiência muito gratificante publicar e apresentar os resultados de um ano de trabalho em um evento tão renomado no tocante a robótica no Brasil e representar o IFMG Campus Formiga na Mostra Nacional de Robótica (MNR)”.

A orientadora do trabalho, professora Denise Ferreira Garcia Rezende destacou que, “a apresentação desse trabalho na Mostra Nacional de Robótica foi mais uma comprovação do belo projeto desenvolvido. Foi um projeto muito gratificante para todas as partes. O aluno, (Mateus), as crianças atendidas e eu, orientadora, nos sentimos realizados. Agradeço a dedicação, o empenho e a responsabilidade do Mateus durante todas as etapas do trabalho. Sou grata também ao envolvimento do Patronato São Luiz e do CEMEI. Com certeza, foi um projeto ímpar e que em muito engrandece tanto o estudante, quanto o IFMG Campus Formiga”.

Sobre o projeto

O estudante conta com detalhes, como foi o desenvolvimento dos trabalhos.

“Aos participantes do projeto, alunos do Patronato São Luiz e do CEMEI, foram ministradas por mim oficinas de robótica orientadas que tinham como objetivo mostrar a eles que é possível, através de montagem e programação de robôs, quebrar barreiras de conhecimento e desenvolver aptidões de forma prática e lúdica. Nos encontros, análises sobre aspectos psicopedagógicos e de desenvoltura puderam ser realizadas com auxílio de profissionais da psicologia, o que evidenciou parte dos resultados do trabalho: um grande salto no desempenho dos alunos.

Ao fim dos trabalhos, muita coisa aconteceu. Escrevi um livro, o Guia de Trabalho em Robótica para Crianças com Dificuldade de Aprendizagem, submeti um artigo para publicação nos anais da MNR e recebi a boa nova de que fora aceito para apresentação na Mostra Presencial do evento. Ir a João Pessoa representando o IFMG e apresentar o trabalho em solo paraibano foi algo incrível. Disseminar conhecimentos, trocar experiências e contribuir de alguma forma com a educação é uma experiência única.

Cabe ressaltar que há no Campus, infelizmente, uma cultura que parece banalizar conteúdos produzidos nos Cursos Técnicos Integrados, sobretudo naqueles oriundos da área propedêutica do Ensino Médio, e creio que esta é uma boa oportunidade de tentar mudar este cenário. Não são limites etários ou de formação que determinam os rumos de nossas produções ou de nossa trajetória acadêmica. Acredito que dentro de cada aluno, indiferentemente do curso em que esteja matriculado, a nível médio, técnico ou superior, há uma vontade de mudar a realidade e de contribuir para o enaltecimento da instituição em que está inserido. Espero ser exemplo para todos os que anseiam romper barreiras, desenvolver projetos e fazer a diferença. Com empenho e dedicação, tudo é possível”, finaliza.

Projeto Orientado de Curso

A defesa do Projeto Orientado de Curso de Mateus, que contempla o trabalho em questão, ocorrerá nesta quarta-feira, 14 de novembro, às 11:30, na sala 25 do IFMG Campus Formiga e é aberta a toda a comunidade que queira assistir.

O artigo estará disponível nos anais do evento em abril de 2019 e a versão digital do livro escrito por Mateus pode ser acessada pelo endereço: https://github.com/MHVMiranda/Guia-De-Trabalho



 
Para o topo.